01/09/2010

Ó Tempo,

Perdi a noção do tempo.
Deixei de olhar para ele.
Revoltei-me.
O tempo levou-me tudo.

Quem te deixou levares-me a dor e as memórias? E a minha consciência, também a levaste contigo, ó tempo?
Como te atreveste a levar-me a mim também? Levaste-te a ti porquê?
A culpa é minha, não olhei para o relógio e muito menos para o Calendário e perdi-te, deixei-te passar com aquilo que me pertencia.
Agora que já tens tudo o que era meu e já me mostraste quão frágil é a minha condição, podes abrandar?
Devagar, deixa o Inverno voltar, deixa a chuva os meus erros apagar, as minhas mágoas lavar.
Sinto-me suja do Verão.
E tu voas-te para me deixar sem mês, sem horas, sem segundos.
Porquê?

Porque perdi a tua noção.
Deixei de olhar para ti.
Então tu também te revoltaste.
Levaste-me tudo.

2 comentários:

m disse...

I called this morning to know if you were swiming. I called this afternoon to know if you had seen the classes and the schedule.
Since i saw your comment i've been feeling this urge to hug you so close to my heart.
Surely catarina light snow has lighten up the way to find the key, because I found it.

m disse...

<3