14/03/2012

Bagagem Emocional

Como frágeis criaturas que somos, temos mais facilidade em sucumbir às derrotas do que temos em celebrar as vitórias, tornando-as num estímulo.
Gastamos e desgastamos a nossa cabeça com pensamentos derrotistas e previsões negativas.
Mas não é por mal. Isto já há muito tempo deixou de ser defeito para dar lugar ao feitio.
Todos nós conhecemos pessoas com bagagem emocional, todos nós a carregamos. É bom sinal, quer dizer que aceitámos carregar esse fardo ao longo da vida em vez de deixarmos que esse peso nos impedisse de continuar.
São esses os que prevalecem, esses que perderam inúmeras batalhas mas que se recusam a perder a guerra. Aqueles que negaram o medo e abraçaram o desconhecido como um velho amigo.
Neste caso, já serão outras criaturas, que aproveitaram as fragilidades como meio para o crescimento pessoal.

2 comentários:

Anónimo disse...

Lindo :)

7,21,9

Ana de Oliveira disse...

Estou a seguir.

http://writersfield.blogspot.pt